quarta-feira, 12 de setembro de 2007

E tem coco em Minas Gerais...


Entre 1928 e 1929, Mário de Andrade correu o Brasil atrás de melodias tradicionais. Um dos ritmos que o escritor encontrou foi o coco, uma dança típica que, do norte de Minas ao nordeste do Brasil, apresenta variações. Aqui nessas Gerais, o Coco é mais conhecido como calango. E o
Grupo de Coco Ouricuri, criado em 2003 por Poliana Cruz, Nara Magalhães, Aryane Paola, Tereza Moura, Yuri Lisboa, Negoleo e André Salles-Coelho, pesquisou o acervo de 245 melodias de coco recolhidas por Mário de Andrade. Delas, 18 foram escolhidas para integrarem o primeiro disco do grupo Ouricuri, o cd Os Cocos. Os músicos se debruçaram sobre a pesquisa de Mário de Andrade para levarem as canções para o estúdio. A partir de instrumentos como pifes, rabecas, tamancos, tambores, violões, reco-recos, ganzás e percussão, o grupo reconstitui as melodias e gravou o cd Os cocos. O disco conta ainda com a participação de Tavinho Moura e Sérgio Pererê. Se você quiser conferir o resultado dessa pesquisa melódica acesse www.myspace.com/grupodecocoouricuri ou vá nessa segunda ao Teatro Francisco Nunes, às 8 e meia da noite. Lá, o Grupo de Coco Ouricuri lança o álbum Os Cocos. A apresentação é gratuita.

Um comentário:

Música de Domingo disse...

VALE A PENA CONFERIR ESSE SHOW, TRABALHO LINDO! NOS ENCONTRAMOS LÁ!
TIDE MENDES
FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA
PROJETO MÚSICA DE DOMINGO